Israel - Tel-Aviv & Jerusalém

Não estava muito nos meus planos ir para Israel, na verdade eu queria ter ido ver as pirâmides do Egito, mas bem nos dias que estava por perto fecharam os aeroportos por conta do "golpe de estado" que estava rolando e não consegui comprar  as passagens.
Então um dia acordei em Istambul e pensei qual lugar mais interessante, em conta e próximo dali... achei Israel.
Lá fui eu ser interrogado, pela primeira de umas dez vezes, assim que pisei fora do avião. A mulher falava português, o que achei que seria bom, mas não curtiram muito eu ser latino, ter passado pelo Marrocos e Turquia, para eles é considerada a rota de drogas. Então depois de esperar mais de uma hora, sumiram com meu passaporte, apareceram com a minha mochila e me levara para "a salinha".  Aí é a hora que você fica bolado, ou vão me bater, ou vão querer grana, essas coisas que brasileiro é acostumado a pensar... mas nunca devi nada pra vagabundo nenhum em nenhum lugar desse mundo, fui de boa e respondi tudo que foi perguntado, reviraram minha mochila com a certeza de que achariam alguma coisa, mas nada!

Já era tarde, então esperei/dormi no aeroporto até amanhecer e fui para o hostel.
Do hostel em Tel-Aviv, fui aproveitar a praia entre gatinhas de biquíni e mulheres de burca, de burca na água!!  Tomei um sorvete em frente a embaixada americana esperando alguém aparecer atirando ou que algo fosse explodir, essas coisas que a gente pensa que deve acontecer quase todo dia por essas bandas. Como não aconteceu nada continuei andando pela cidade. TelAviv é uma cidade moderna, tem até uma rua com vários comércios "gay friendly", com bandeirinha na porta e tal, um grande centro, prédios novos brotando em todos os cantos e uma ponta com construções antigas, mantidas principalmente para os turistas, eu acho.
No outro dia fui para Jerusalém, andei por onde Jesus deu seu último rolê, fiquei uns bons minutos sozinho onde ele ficou preso (é a foto tipo uma caverna, mas não é caverna, é o subsolo de uma casa) e comi o melhor peixe frito da vida, no Mercado Mahane Yehuda (tipo um mercado municipal daqui), perto da Cidade Antiga... cidade antiga mas em volta tem bondinho bem modernoso.  
 
Por falta de planejamento, não consegui ir para Gaza, mesmo sendo perto (descobri só depois, isso e outras coisas, nos quadrinhos do Joe Sacco) e a galera lá nem quer que você vá, querem esconder o que fazem com o povo de lá. Como sou "Palestina Livre", um dia vou ter que voltar.

IMG_0023_.jpg
IMG_0049_.jpg
IMG_0033_.jpg
IMG_0061_pb.jpg
IMG_0060_.jpg
IMG_0007_.jpg
IMG_0003_.jpg
IMG_0029_.jpg
IMG_0058_-(2).jpg
IMG_0061_-(2).jpg
IMG_0097_.jpg
IMG_0026_.jpg
IMG_0037_.jpg
IMG_0077_.jpg
IMG_0017_.jpg
IMG_0073_.jpg
IMG_0119_pbsepia.jpg
IMG_0044_.jpg
IMG_0170_.jpg
IMG_0185_.jpg

Mais fotos aqui ;)